913 124 104 (08.00h às 23.00h) geral@ptmedical.pt
Dados Para Fatura... Clique Aqui

CONSULTA DE ORTOPEDIA

Serviço Disponível ao Domicílio

Serviço Disponível na Clínica

CONSULTA DE ORTOPEDIA NA CLÍNICA E AO DOMICÍLIO

A Especialidade de Ortopedia avalia e trata os problemas de saúde relacionados com o sistema músculo-esquelético e locomotor, nomeadamente a patologia associada a ossos, músculos, tendões, ligamentos, estruturas articulares e, por vezes, nervos periféricos.

É uma especialidade cada vez mais requisitada, tendo em consideração o aumento da idade da população, diretamente relacionado com o aumento de problemas osteoarticulares.

A PT Medical diferencia-se por oferecer consultas de ortopedia ao domicílio e em clínica, por forma a ir de encontro as necessidades dos nossos utentes, principalmente quando existe mobilidade reduzida.

Consulta de Ortopedia/Ortopedia ao Domicilio
5 (100%) 14 votos

PROBLEMAS MAIS FREQUENTES NA CONSULTA

Problemas da Coluna Vertebral

 

As dores na coluna, principalmente as dores lombares, são a principal causa de absentismo laboral, sendo um importante problema de saúde a não menosprezar. Está muitas vezes associado a manipulação de cargas com peso excessivo e a adopção de más posturas e é uma causa frequente de ida ao médico.

Outros problemas observados frequentemente em consulta são as alterações a nível do alinhamento da coluna vertebral (Hipercifose; Hiperlordose e a Escoliose); o aparecimento de hérnias discais, caracterizada por dores muito fortes que irradiam para os membros, podendo mesmo existir alterações de sensibilidade e força associadas; a artrose da coluna, conhecida como bicos de papagaio também é uma causa frequente de queixas, devido às dores que provoca.

Na consulta, o médico procede à avaliação da coluna vertebral, no sentido de detetar o problema subjacente, de acordo com a história clínica, exame físico e meios complementares de diagnóstico.  Implementa o tratamento farmacológico de acordo com a intensidade da dor e poderá recomendar ajustes posturais, limitar o esforço físico e encaminhar para fisioterapia para reforço muscular dos músculos para-vertebrais, importantes para a estabilização e correto funcionamento da coluna vertebral.

Em determinados casos, poderá ser necessário orientar o doente para cirurgia, discutindo-se caso a caso essa possibilidade.

Ombro Doloroso

 

Depois da dor na coluna, a dor de ombro é provavelmente o sintoma músculo-esquelético mais frequente. Não interessa o sexo ou a idade. Ocorre em crianças, adultos e idosos, homens e mulheres, desportistas ou sedentários. São especialmente desagradáveis, porque limitam movimentos simples, como erguer e baixar os braços e costumam agravar durante a noite, impedindo um sono repousado. Além disso, são uma causa frequente de baixa médica, o que significa que leva muitas vezes a perdas de rendimento económico substancial.

Nesta consulta, o médico faz a avaliação do ombro no sentido de chegar à causa da dor (tendinite, capsulite adesiva, rutura da coifa, artrose da articulação do ombro, etc). Implementa o tratamento farmacológico de acordo com a intensidade da dor. Em casos seleccionados, poderá fazer uma infiltração de corticóides ou mesmo orientar para intervenção cirúrgica.

O trabalho em equipa pode ser necessário, com recurso à fisioterapia, iniciando um plano de reabilitação de acordo com a patologia de base.

Dor no Joelho

 

Dos membros inferiores, o joelho é a articulação que está sujeita maior sobrecarga, resultado de uma excessiva utilização, como nos desportistas, ou quando existe um excesso de peso que leva um maior desgaste. A sua utilização em posturas incorretas também é uma causa frequente de aparecimento de dor nesta articulação. Quando algum destes fatores se unem a uma musculatura enfraquecida, o surgimento de problemas tende a ser mais frequente.

Nesta consulta, o médico a avaliação do joelho para deteção do problema subjacente, de acordo com a história clínica, exame físico e meios complementares de diagnóstico.  Implementa o tratamento farmacológico de acordo com a intensidade da dor. Em casos  seleccionados, poderá realizar uma infiltração com corticóides ou orientar para tratamento cirúrgico.

Na presença de um doente com excesso de peso, poderá orientar para o nutricionista, que intervém no sentido da redução do peso, de forma a diminuir a carga e esforço exigidos a esta articulação. Sabe-se que a redução de peso é a forma mais eficaz de diminuir a dor no joelho associada à artrose.

Poderá ser também aconselhado, após avaliação médica, iniciar um plano de reabilitação com recurso à fisioterapia, para reforço muscular dos membros inferiores. Sabe-se que a estabilização da articulação recorrendo ao reforço muscular ajuda bastante na diminuição dos sintomas.

AGENDE A SUA CONSULTA

Clique Aqui

Pin It on Pinterest