O que é a Retinopatia Diabética?

 

Retinopatia Diabética

Introdução

A retinopatia é uma complicação comum da diabetes e é uma das principais causas de cegueira em Portugal.

Afeta a retina, que é um conjunto de células na parte posterior do olho, que transforma estímulos visuais em estímulos elétricos. Estes estímulos são enviados ao cérebro através do nervo óptico e o cérebro interpreta e produz as imagens que cada um de nós vê. Os pequenos vasos sanguíneos no interior da retina permitem a nutrição destas células e são fundamentais no processo anterior

A retinopatia diabética ocorre quando esses pequenos vasos sanguíneos são danificados pelos elevados níveis de açúcar.

retina

Quase todos os indivíduos com Diabetes tipo 1 e aproximadamente 60% dos que apresentam Diabetes tipo 2 desenvolvem retinopatia diabética, nos 20 anos após o início da doença. Trata-se portanto de uma doença crónica e embora exista tratamento, sem vigilância pode levar a perda de visão ou mesmo a cegueira.

Quem está em maior risco de desenvolver esta doença?

  • Os indivíduos com diabetes mal controlada;
  • Indivíduos com glicemias elevadas (níveis altos de açúcar no sangue) e doença renal crónica;
  • Diabetes com vários anos de evolução;
  • Associação com outros fatores que prejudicam os pequenos vasos sanguíneos, como a hipertensão arterial, a dislipidemia e o tabagismo;
  • As grávidas com diabetes prévia à gravidez;

Estadios de retinopatia diabética (RD)

A RD pode classificar-se, de acordo com a gravidade, em:

  1. Retinopatia Diabética Não Proliferativa Ligeira;
  2. Retinopatia Diabética Não Proliferativa Moderada;
  3. Retinopatia Diabética Não Proliferativa Severa;
  4. Retinopatia Diabética Proliferativa.

Ao mesmo tempo, em qualquer estadio, pode verificar-se Edema Macular, ou seja quando o sangue e fluídos dos pequenos vasos extravasam para a mácula, causando perda de visão na retina central. O Edema Macular é a principal causa de perda de visão nas fases iniciais da retinopatia diabética.

Quais são os sinais de retinopatia diabética?

Durante as fases iniciais, a RD não provoca quaisquer sintomas de relevo.

O doente pode nem notar que a retina apresenta lesões até que se atinjam estadios avançados da doença, quando a visão fica diminuída.

Os sinais de retinopatia mais avançada são:

  • Diminuição da acuidade visual
  • Visão borratada ou visão distorcida
  • Diminuição da visão noturna e fotofobia (sensibilidade à luz)
  • Sensação de “Vista cansada”
  • Dores de cabeça

As imagens seguintes revelam as alterações visuais verificadas:

visao retinopatia

Visão Normal Versus Visão com Retinopatia diabética

Prevenção e rastreio retinopatia diabética

O rastreio e o diagnóstico são realizados nos indivíduos em risco, utilizando o teste para verificar a acuidade visual e o exame do fundo do olho, com um oftalmoscópio.

Pode ser realizada a retinografia, permitindo fotografar o fundo do olho e a angiografia fluorosceínica, que utiliza um produto de contraste dos vasos e implica a realização de fotografias seriadas, à medida que o contraste passa o fundo ocular.

Angiografia fluorosceínica

Exemplo de uma angiografia com extravasamento do corante.

A prevenção da retinopatia diabética implica um bom controlo da diabetes, com níveis adequados de açúcar no sangue e o rastreio da retinopatia, junto dos profissionais de saúde.

Na Diabetes Tipo 1 o rastreio deve ser iniciado 5 anos após o diagnóstico e na Diabetes Tipo 2 após o diagnóstico. A identificação, pelo médico, de doentes de risco, permite um diagnóstico e o tratamento precoces das alterações oculares e são fundamentais para preservar a visão.

Como se Trata?

O tratamento da retinopatia diabética passa pela vigilância da doença em estadios iniciais e pode implicar a utilização de medicação, terapia por fotocoagulação laser e cirurgia, em qualquer estadio da doença, mesmo na ausência de sintomas. A equipa que acompanha estes doentes deve ser multidisciplinar, implicando o médico de família, enfermagem, o optometrista, o endocrinologista e o oftalmologista.

O que pode fazer para prevenir a RD?

  • Fazer o exame ocular regularmente
  • Informar o seu médico se apresentar alterações da visão
  • Cumprir a medicação
  • Comer de forma equilibrada e se tiver excesso de peso, perder peso
  • Praticar exercício regularmente
  • Deixar de fumar, se for fumador

exercicio fisico

Sites aconselhados sobre este assunto

http://www.cnib.ca/en/your-eyes/eye-conditions/eye-connect/Documents/DR_Brochure_ENG.pdf

http://www.betterhealth.vic.gov.au/bhcv2/bhcarticles.nsf/pages/Diabetic_retinopathy

http://www.nhs.uk/conditions/diabetic-retinopathy/Pages/Introduction.aspx

Se precisar de acompanhamento médico, nutricional, ou de uma motivação extra para iniciar o exercício físico, fale connosco!

Nadia Neri Marinho

O que é a Retinopatia Diabética? 5.00/5 (100.00%) 5 votos