Toxina botulínica

a aplicação em Medicina Estética

O que é a toxina botulínica?

A toxina botulínica, popularmente conhecida por “botox”, é uma proteína produzida por uma bactéria (Clostridium Botulinum), que provoca a diminuição da ação muscular.

Ao ser injetada diretamente num músculo, provoca o seu relaxamento, sendo por isso aplicada em Medicina desde a segunda metade do século XX, em diversas condições nas quais os músculos apresentam uma contração excessiva.

Desde o início do século XXI, a toxina botulínica é o procedimento médico estético não cirúrgico mais frequentemente realizado.


Toxina Botulínica em Medicina Estética

Existem 7 tipos diferentes da toxina (do A a G), sendo que apenas a do tipo A está aprovada para uso estético.

Em Medicina Estética, a toxina botulínica destina-se ao tratamento das famosas “rugas de expressão” ou rugas dinâmicas. A sua aplicação é realizada nas regiões da face e pescoço, com recurso a agulhas de calibre reduzido, tornando o procedimento simples, seguro e praticamente indolor.

Com a sua aplicação continuada, pretende-se que, a longo prazo, o mesmo atue também na prevenção da flacidez e no aparecimento das rugas estáticas.

As três principais e mais procuradas zonas de aplicação da toxina botulínica são as rugas do músculo frontal (testa), canto do olho (os famosos pés de galinha) e entre as sobrancelhas. No entanto, existem outras aplicações possíveis tais como na região peri-oral, “sorriso gengival”, entre outras.

Efeito e tempo de ação

Após a injeção, pode-se observar o seu efeito a partir do 3º dia, atingindo o máximo após 3 semanas. Como tal, a consulta de reavaliação é, em regra, agendada entre o 10º e o 14º dia.

O efeito da toxina botulínica é temporário, com duração variável entre 3 a 4 meses pondendo, em alguns casos, alcançar os 6 meses. Com a repetição das aplicações, os resultados podem tornar-se mais consistentes.

Quais as complicações e efeitos adversos?

As complicações e efeitos adversos mais frequentes observados são equimoses ligeiras transitórias, inchaço e dor de cabeça. O bloqueio de músculos que não os indicados é uma complicação rara.

Pin It on Pinterest

Gostou do Artigo?

Partilhe com os Seus Amigos!