A Melhor Forma de Perder Peso

Introdução

Obviamente que a alimentação tem um grande impacto na nossa saúde e no nosso peso.

Mas quem já tentou modificar a sua dieta com o objetivo de perder peso apercebe-se facilmente que não é nada fácil.

A maioria de nós sabe, de forma quase intuitiva, que os legumes são mais saudáveis que os doces. Podemos falar de todos os males contidos numa simples bolacha, mas isso não irá mudar o fato das bolachas serem saborosas e não vai diminuir a nossa vontade de continuar a comê-las.

Por isso, qualquer plano de perda de peso que nos diga simplesmente o que comer e negligencia o porquê das escolhas alimentares que fazemos, provavelmente é um plano que não terá sucesso no longo prazo.

A nutrição é importante…o seu conhecimento é essencial, sem dúvida. Mas é apenas uma peça do puzzle. O verdadeiro segredo é perceber os comportamentos e motivações que nos levam a tomar determinadas decisões alimentares e usar essa informação para alterar comportamentos, de forma permanente.

Primeiro, temos que aceitar que o controlo sobre as nossas opções alimentares não é tão grande quanto pensamos. Temos tendência para acreditar que é apenas necessária motivação, força de vontade para escolher a salada em vez do hambúrguer ou da pizza…e quando tal não acontece, a culpa é nossa! No entanto, o auto-controlo não é algo tão simples assim…é um processo muito mais complexo.

Por exemplo, o auto-controlo é afetado pelo cansaço…quando estamos cansados, a capacidade para nos auto-controlarmos diminui. É muito mais fácil pegar no saco de batatas fritas e satisfazer as minha necessidades alimentares do que ir preparar uma salada. E para o nosso cérebro, que gasta 20% das nossas calorias diárias também é uma forma de obtenção de açúcar muito mais rápida e satisfatória…mas à custa da nossa saúde.

O problema é que somos criaturas de hábitos…

O que é um hábito?

Os hábitos são comportamentos específicos que ocorrem em resposta a um estímulo. A repetição do comportamento descrito anteriormente (fome + cansaço igual = comida fácil mas pouco saudável) leva ao automatismo, à criação de um hábito…logo, em determinadas situações vamos repetir os mesmo comportamentos.

O mesmo acontece quando estamos deprimidos…

Comer é uma grande fonte de prazer para algumas pessoas e pode ser o um refúgio quando estamos tristes. A repetição do comportamento triste = comer pode levar à depressão associada a compulsão alimentar...um ciclo muito difícil de quebrar.

Depressão = comer  = engordar = culpa = depressão

Após o estabelecimento do hábito, este ocorre automaticamente, sem ser necessário dispender força de vontade ou esforço mental. Estima-se que 90% das nossas decisões alimentares diárias resultem de hábitos…de comportamentos mecanizados. É uma forma do nosso cérebro poupar energia para tomar decisões mais difíceis, quando estes comportamentos mecanizados não podem ser utilizados.

Este conhecimento ajuda-nos a perder peso? Porquê?

Primeiro…ficou a saber que não basta ter força de vontade para perder peso de forma consistente…é melhor dispender a nossa energia na criação de hábitos saudáveis!

Segundo…os hábitos que queremos desenvolver necessitam de ter um “prémio” significativo a curto prazo para se estabelecerem. Uma promessa vaga de ficarmos mais magros no futuro se comermos melhor não é suficiente…a recompensa tem que ser imediata e facilmente atingida.

Isto significa que para conseguir controlar o peso a longo prazo, terá que encontrar alimentos saudáveis que realmente lhe dão prazer comer, praticar exercício físico que lhe dá prazer e perder o seu tempo a tornar estes dois pontos o mais convenientes e acessíveis possível.

Usar a sua motivação para fazer uma dieta restritiva é difícil e pode ser muito desagradável…e raramente resulta. Para sermos bem sucedidos na perda de peso, será mais produtivo desistirmos de todas as dietas que nos “vendem” e focarmos a atenção em contruir hábitos saudáveis que nos dão prazer.

Terceiro…um passo de cada vez. Introduza mudanças simples e de forma gradual.

Experimente começar pelo pequeno-almoço, com uma tigela de cereais muesly com leite magro…pode juntar-lhe algum fruto seco que goste e canela.

Compre um podómetro e desafie-se a si próprio a atingir 10.000 passos por dia. Estabelecer um objetivo e conseguir atingi-lo é uma grande fonte de prazer. É por essa razão que tantas pessoas gostam de vídeojogos.

Cada hábito demora entre três semanas a seis meses até se estabelecer (em média, dois meses). Comece com os hábitos que considera mais fáceis e só depois pense nos restantes.

Quanto ao seu peso e à sua saúde…os resultados vão aparecer sem você se aperceber e mais rapidamente do que pensa.

E se precisar de ajuda de um nutricionista ou  ajuda médica lembre-se da PT Medical.

– Dr. João Júlio Cerqueira  Especialista de Medicina Geral e Familiar –   

PARTILHAR

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email